ACON T ECEU
|| Home | Assuntos | Contato ||

Thomas Alva Edison - Estados Unidos 11/02/1847 Quinta-feira - 18/10/1931 Domingo

Thomas A Edison “Um gênio se faz com um por cento de inspiração e noventa e nove de esforço”. Esse era o pensamento daquele que foi um dos maiores gênios de seu tempo. O homem que disse essa frase seguiu seu conteúdo ao pé da letra: esforçou-se durante 73 anos dos seus 84 anos de vida. E o esforço foi mais do que compensado: poucas pessoas, em todos os tempos, tantas vezes foram chamadas geniais como ele. Aos 12 anos, após ter construído em telégrafo rudimentar, arranjou emprego de vendedor de doces e jornais no trem que ia da cidade onde morava até Detroit. O chefe deixou que o menino instalasse no vagão postal seu laboratório químico, onde nas horas vagas, ele estudava, tomava notas e – claro – fazia experimentos.


projeto da lâmpada Em 1861 estoura a guerra civil nos Estados Unidos. Todo mundo vive curioso atrás de notícias dos combatentes e Thomas não deixa passar a ocasião: compra uma velha prensa (por 12 dólares), empresta alguns rolos de papel e instala no “seu” vagão postal a redação e a tipografia do Grande Arauto Ferroviário, jornal com 400 exemplares de tiragem. E obtinha as notícias - fresquinhas - junto aos telegrafistas das estações pelas quais o trem passava.



laboratório de edison Em 1870, constrói um telégrafo de primeira ordem, adequado à transmissão de notícias das cotações da bolsa. Oferece-o ao presidente de uma grande companhia, esperando ganhar pelo aparelho uns 3 mil dólares e ao invés disso, ganha 40 mil. Resolvida as dificuldades financeiras, monta em 1876, um grande laboratório.
E o trabalho se intensifica: patenteia uma máquina de escrever, uma pena registradora, aperfeiçoa o microfone, o que ajudou a por em prática o telefone inventado por Graham Bell. Em 1877 inventa o fonógrafo e dois anos depois inventa a lâmpada elétrica.



fonógrafo A lâmpada de Edson, com um filamento muito fino de algodão carbonizado, ficou acesa sem parar durante 40 horas. Nos anos seguintes, aperfeiçoou sua lâmpada, usando filamentos de papel, bambu e celulose. Em 1883, inventa uma válvula que foi a precursora das válvulas de rádio, tão importantes até o aparecimento do transistor. Em 1891, inventa o cinetoscópio, um dos aparelhos que permitiria o nascimento do cinema. Enumerar todas as invenções de Edson seria uma tarefa e tanto: ao longo de sua vida, chegou a registrar 1033 patentes.




<< anterior próxima >>