ACON T ECEU
|| Home | Assuntos | Contato ||

Civilizações da Mesopotâmia - O Império Assírio

escultura Os assírios fixaram-se no norte da Mesopotâmia por volta de 2500 a.C., fazendo da cidade Assur – nome de sua principal divindade – a sua capital. Ocupavam as margens do rio Tigre e as montanhas próximas, onde era abundante a madeira e várias riquezas minerais, como o cobre e o ferro, sobrevivendo graças às atividades agropastoris e à caça. Aos poucos, edificaram um forte Estado militarizado, contando com cavalos, carros de guerra e armas de ferro; armamentos bem superiores aos do vizinho, os quais foram submetidos ao seu domínio. Nesse primeiro avanço expansionista, procurando uma saída para o Golfo Pérsico e para o mar Mediterrâneo, os assírios conquistaram várias regiões vizinhas, incluindo a Média Mesopotâmia e boa parte da Síria e da Palestina.

estátuas assírios O predomínio social entre os assírios cabia a uma aristocracia sacerdotal e militar que sujeitava toda a massa camponesa, a qual era obrigada ao pagamento de tributos em cereais, metais, gado e a prestar serviços gratuitos ao Estado. Com a crescente expansão e militarização da sociedade assíria, a produção e os serviços públicos acabaram a cargo das populações vencidas, transformadas em escravos, e grande parte dos lavradores, e artesãos assírios passou a compor o exército.

escultura Os assírios ficaram famosos pela crueldade com que tratavam os vencidos, não sendo raro o esfolamento vivo nas pedras. Cortavam orelhas, órgãos genitais e narizes daqueles que ousassem ameaçar seu domínio, buscando a total intimidação dos conquistados. Durante o reinado de Sargão II, os assírios conquistaram o reino de Israel e, no de Tiglatfalasar, tomaram a cidade da Babilônia. Durante o século VII a.C., sobretudo nos reinados de Senaqueribe (705 a.C. – 681 a.C.) e de Assurbanipal (668 a.C. – 631 a.C.), o Império Assírio atingiu seu apogeu, dominando uma área que se estendia do golfo Pérsico à Ásia Menor e do Tigre até o Egito.

assirio Com Senaqueribe, a capital foi transferida de Assur para Nínive e, sob Assurbanipal, foram realizadas as últimas conquistas assírias, incluindo a do Egito. Assurbanipal, além de grande guerreiro, era um entusiasta da ciência e da literatura, o que explica a criação de uma grande biblioteca na nova capital assíria. A Biblioteca de Nínive reuniu um amplo acervo cultural de toda a região, formada por dezenas de milhares de tijolos de argila.

assirios Em 612 a.C., os medos, povo oriundo das margens do mar Cáspio, tomaram Assur e Nínive, pondo fim ao império assírio.




<< anterior próxima >>